Patricia Novaes
Post super atrasado!

Esse dia das mães foi diferente pra mim, me levou a muita reflexão!

Pensei em mim como mãe, muitos erros e acertos, tentando aceitar minhas falhas e fazendo o melhor o que posso. Constantemente me pego falando errado e tento me corrigir, afinal meu pequeno vai aprender a falar comigo! Então vamos tentar cultivar o bom português! Pequenas coisas agora me levam a muita reflexão, muita preocupação com $, educação, alimentação... mas tenho que tentar me preocupar com 1 coisa de cada vez, mas não consigo, na minha cabeça fervilham as idéias, dúvidas e sonhos.

Depois pensei na minha mãe: que quando adolescente virou mãe, lembrei do quanto brincamos juntas, das suas irresponsabilidades, do quanto ela foi amiga, muitas vezes mais uma colega do que mãe: até hoje ela adora uma farra e umas coisinhas erradas ahahahaha a gente se diverte, mas ela abriu mão de muita coisa por nós! Ela sempre trabalhou tanto...

Ai, conversando com o maridex sobre uns planos para o futuro ele me disse: “se precisar eu vou camelar por um tempo, acordar as 4 da manhã pra trabalhar em SP ou em Campinas... “. Dei graças a Deus pelo marido e pai que ele é!

Pensando na frase do marido meu pensamento voou para meu pai, coitado, ele camelou tanto, abriu mão de tanta coisa por nós, sempre fez tuuuuuuuudo o que estava ao seu alcance por nós, trabalhou tanto!

Lembrei também da minha tia/madrinha também, ela abriu mão de tanta coisa pelos irmãos, pela mãe dela, pela família, trabalhou tanto... ela foi mãe/pai de tantos na nossa família.

Pensando em tudo isso eu vi que sempre veio a minha cabeça: “abrir/abriu mão! “

Ser pai, ser mãe é isso: abrir mão de nós mesmos pelos filhos! É fazer sacrifícios! É errar tentando acertar!
As vezes eu me pergunto qual o sentido disso tudo, pois criar um filho é o mesmo que abrir mão da vida, mas depois eles criam asas e vão voar...

Obrigada pai, obrigada mãe por tudo que vocês fizeram por nós! Obrigada tia por ter sido mãe/pai de tantos.

Feliz dia da mães/pais a todos! Feliz aniversário pai!! (Pai fez anos no dia das mães).

******************************************
 Mudando de assunto: outro dia, depois de uma semana estressante e cansativa e do bolo da faxineira, eu estava limpando  a casa e surtei: briguei com maridex porque ele nunca me dá nada, porque eu trabalho feito uma camela e acho que não tenho o reconhecimento e valor merecidos, ai eu falei que eu tinha certeza que se eu morresse  ele arrumaria outra mulher e a cobriria de presentes e mimos, que ela seria uma vagabunda (no sentido de não trabalhar em casa ou fora)... foi longe essa história...

Deixando claro aqui que ele não me dá nada, nem uma paçoca! Romantismo ZEROOOO!!! Eu dou presente surpresa todo aniversário, Natal... e ele nunca me faz uma surpresa, como eu disse: ele não me compra nem uma paçoca (ah a paçoca não sai da minha cabeça hahahaah)

Ai no dia das mães ganhei meu primeiro presente de MÃE!! Um kit super chique do O Boticário: Myriad, que vem com uma frasqueira, um luxo só!

E é assim que eu quero ser tratada agora: muito paparico, afinal eu mereço né!!!

******************************************
Carinho gera mais carinho! Segunda-feira foi o 1º dia de trabalho do maridex, ah ele está fazendo um horário *%&%**&**%*&%^, chega tarde, aí pra comemorar eu fiz jantarzinho em casa, coisa simples, mas rara porque em casa nunca tem comida a noite durante a semana, coloquei mesa, taças e um vinhozinho. Delícia!!

Beijocas,
Patricia Novaes
Marcadores:
1 Response
  1. Jú Ferrer Says:

    Vixi, que já tô querendo escrever um comentário tão grande que vai ficar do tamanho do post, hahahaha.

    Eu super acredito que ser mãe/pãe, é doar, fazer sacríficios, colocar o filho em 1º lugar. Principalmente qndo queremos que nossos filhos tenham as oportunidades que não tivemos ou uma vida mais fácil que a nossa. A questão é, sempre buscar o limite para as coisas, para q o filho não fique mimado e a mãe/pai não esqueçam de se cuidar e cuidar da relação dos dois. (Acredito que seus pais, sua tia, charam o equilíbrio disso)

    Hoje, tbm olho pra trás e vejo q depois de td q aconteceu na vida da minha famíia, eu e minha irmã somos duas vencedoras. E a "culpada" de td isso é minha mãe, q sempre nos empurrou pra frente!!

    Quanto ao lance dos mimos do marido, duvido que ele vá lotar a fura-imaginária esposa de mimos. Mas vale um lembrete de vez em quando para ele fazer um carinho como esse do dia das mães. Lá em casa é a mesma coisa.

    E achei ótima a ideia do jantarzinho. Bom de aumentar a frenquencia em fazê-lo, néammmm??!!!

    Beijocas


Lilypie - Personal pictureLilypie First Birthday tickers