Patricia Novaes

Eu já contei aqui a história da minha gravidez e sobre a doença do meu marido, que teve câncer de tireóide e hoje está curado. Ele está super bem graças a Deus, mas o problema é que essa doença acaba com a vida da gente, se não mata de doença então mata a todos ao redor, acaba com as relações, pode acabar com um casamento.

Estamos bem, porém estressadíssimos, na próxima semana pegaremos os resultados dos exames semestrais de rotina e tenho certeza de que tudo estará bem!

Desde que tudo aconteceu eu faço de tudo para que o maridex tenha uma vida mais feliz, apoiei a saída dele da empresa em que trabalhávamos juntos por causa do stress, insisti para que ele aceitasse um trabalho aqui na nossa cidade apesar da remuneração não ser lá aquelas coisas e não deixou ele viajar pra trabalhar pois ele adora nossa casa e nossa rotina e ficando longe de nós ele não ficará feliz.

Eu faço de tudo para facilitar os seus dias e tarefas, penso mil vezes antes de reclamar e levar mais problemas para ele, mas até semana passada andava tudo tão difícil pois ele estava tão sem paciência, tão stressado e isso me faz perder a paciência também. Parece que eu faço tudo o tempo todo e nada está bom, ai eu acabo descontando nos outros também (mãe e irmã coitadas).

No fim de semana discutimos muito e chegamos a um acordo, paramos de brigar e estamos conseguindo sobreviver bem a esses dias.

Mas às vezes tenho a impressão de que eu é que vou acabar ficando doente, como conseguir qualidade de vida para evitar que essa doença volte se ela gera tanto stress e tanta preocupação a todos?

E a vida segue assim...

Marcadores:
3 Responses
  1. Jú Ferrer Says:

    Ai que desabafo, heim, Pati?! Posso imaginar como a vida de vocês girou em torno dessa doença e pelo visto, a cada 6 meses ela volta a girar novamente em torno disso.

    Nem tenho o que te falar ao certo, mas ao ler o seu post senti como se no último ponto final do mesmo, vc tivesse emagrecido 10 kg só por ter colocado para fora sua angústia.

    Acredito que vc está no caminho certo, deixando a vida bem fácil para seu marido. É super compreensível seu marido ficar irritadiço e preocupado às vésperas do exame, mas sugiro q qndo vc começar a sentir que ele está assim já comece a conversar, de leve...com calma, antes que o negócio piore e vcs acabem discutindo.

    Tenho certeza que tudo estará ok nesses exames. Vcs ainda tem muito o que serem felizes.

    Beijocas! E força na peruca.


  2. Ana Says:

    Quando tudo não der mais certo e
    você já tentou todas as alternativas,
    não se desespere. DEUS proverá uma solução.
    Olhe para trás e veja quantas coisas piores vc já passou e superou!
    Portanto anime-se. Olhe para o céu e veja como ELE é grande!
    Se Deus foi capaz de criar o céu, imagine resolver os seus problemas...
    Eles não são maiores do que DEUS


    amiga te amo


  3. Oi, Patricia!!!! Obrigada por compartilhar com a gente seu desabafo!!!! A vida é complicada, também passei e ainda passo por momentos difíceis e estressantes. Ando meio irritada e impaciente ultimamente e a genta acaba descontando mesmo nas pessoas mais próximas e que mais amamos. É ruim, mas é muito comum. Sempre peço desculpas, me arrependo e culpo o cansaço e estresse, mas isso é um termômetro que indica que algo não vai bem, que nos incomoda e que precisamos mudar! Desejo muita saúde pro seu marido e paz para a família! Torço pra que tudo se resolva bem! Um grande beijo e desculpe o sumiço!


Lilypie - Personal pictureLilypie First Birthday tickers