Patricia Novaes
Eu ando louca, sem saber o que fazer!
Como já contei aqui tenho pouquissímo leite e demorei pra perceber isso, meu bebê quase ficou desnutrido, durante os primeiros 21 dias de vida ele passou fome por culpa minha, por falta de experiência minha, e infelizmente as pessoas mais experientes que nos cercavam também não prestaram atenção.

Então preste atenção futura mamãe: se o seu bebê ficar mais de 40 minutos (tá vamos dizer 1 hora) no seu peito tem algo errado nisso! O meu passava as vezes 2 horas, e eu achava que ele estava se fartando e era guloso. Ele era muito nervoso, com 21 dias eu havia trocado somente 7 fraldas sem que ele chorasse (é, eu contei) e não tinha dado um banho sequer sem que ele botasse a boca no mundo!

Com 21 dias só de olhar a pediatra já viu que tinha algo errado, pediu pra complementar com leite artificial pois ele havia engordado só 200g e não havia recuperado o peso inicial do nascimento.

Hoje ele está bem, está ótimo! Eu tomo Equilid, e mais um spray nasal de ocitocina mas mesmo assim minha produção é de míseros 140ml diários quando eu estou bem descansada hein e meu bebê consome uns 900ml de leite diariamente. Já não sei mais o que fazer pra aumentar a produção! E olha que eu queria doar leite para a Santa Casa, comprei até a bombinha para isso!

Eu estava fazendo assim pra amamentar: 10 minutos em um peito e mais 10 minutos no outro, e só depois dava o leite em pó, mas pra ajudar agora todas as vezes que ele toma meu leite ele regurgita e muito, as vezes regurgita enquanto está no peito. Testei  e vi que quando ele mama só mamadeira ele quase não regurgita ou quando regurgita é pouco.  Então com tudo isso resolvi tirar o leite com a bombinha e dar de uma única vez pra ele (1 mamadeira corresponde a minha produção diária 140 ml), assim ele regurgita só meu leite e fica com o leite em pó, mas as vezes eu não resisto e dou o peito um pouquinho assim mesmo pois ele adoraaaaa!!!

Hoje depois do meu leite ele regurgitou em todas as mamadas e eu ainda dei o peito o que bagunçou tudo mais ainda, pois ele mama e fica cansado e depois ainda regurgita e não pega a mamadeira.

Meu marido pediu que eu não dê mais leite meu até a consulta com a pediatra pra ver se ela dá algo pra diminuir esse refluxo. Na verdade ele acha que devo parar com o meu leite já que eu produzo somente 1/6 da alimentação diária do baby e ele acaba regurgitando tudo.

Ah, mas eu gosto tanto de amamentar, ele se sente tão aconchegado, tão protegido, dá pra ver como ele fica feliz no peito, eu realmente curto isso! Eu tenho o remédio para "secar" o leite, porém eu fico com dó, mas tenho que confessar que me sinto tentada quando sinto umas dores horríveis (umas pontadas no peito que doem até a alma) por isso escondi o remédio de mim mesma!

Enquanto não tomo coragem de secar o leite, e não me decido sobre o que fazer vou tirar o leite com a bombinha mas não vou dar ao Octávio. Sei que muita gente vai me dizer que pra aumentar a produção tem que amamentar cada vez mais, e que o bebê necessita do leite materno e blablablabla... mas o fato é: não tenho leite e ele regurgita meu leite! A pediatra disse que isso pode ser genético e eu descobri com minha mãe que ela não conseguiu amamentar a Carol por nem 2 meses.

Oh, dúvida... enquanto isso a bombinha será minha melhor amiga!

Mudando de assunto quero fazer esse aromatizador de ambientes, outro dia (faz tempo hehe) vi na Etna e custava 26 reais, achei carinho visto que o líquido seca rapidinho, eu só preciso achar um vidro bonitinho!


Fonte Aqui!

São 2:30h e o baby tá lutando pra dormir, está com cólica :(, esse post foi digitado com 1 mão só!

Beijocas e boa semana!

3 Responses

  1. Shilola Says:

    Patyyyy...
    Ai gata, essa parte é complicada mesmo... Eu tive muita complicação no começo da amamentação tb... Tinha que ir a cada 3 dias ao pedi, pra acompanhar o ganho de peso. Foi demorado pra eu e ela "pegarmos o jeito" da coisa. Tb tomei ocitocina, plasil e o escambal pra ver se o leite saia, nascia, descia ou seja lá o que for! E eu ficava tão mal, tão mal, chorava tanto... Acho que isso fazia a produção diminuir ainda mais! Mas enfim... Nos 3 primeiros meses, a pequena ficou sempre na linha do peso minimo necessario pra idadeXtamanho. Do 3º pro quarto mês a coisa começou a fluir bem... E no 4º mês, incluímos as frutas (quando ela foi pro berçário), e hoje menina, depois de ficar mais segura que ela está bem alimentada, meu peito jorra leite! Mas a jornada foi bem complexa! Muito sofrimento, muita duvida...
    O meu conselho é fazer o que seu coração mandar! Eu insisti no leite materno, sem complemento, por mim! Vc é mãe, querida... Só você sabe o que é o melhor pro seu filho!!! Tem meu apoio pro que vc decidir fazer! ;)
    Mil beijos nesse menino fofo! :D
    Bjocas,
    Carol


  2. Sarah Says:

    Oi Paty! Só agora vi seu post... Amamentar é mesmo difícil, não é aquele mar de rosas que as campanhas de amamentação mostram. Dói, tem que acertar a pega, não é fácil mesmo. Acredito que vc deva continuar tentando sim, consultando a pediatra para acompanhamento. Mas uma outra boa dica é consultar um banco de leite. Lá vc vai encontrar orientação adequada para a amamentação, até melhor do que vinda da pediatra... Não desista, querida, vc está no caminho certo!
    Espero ter ajudado!
    beijos!


Lilypie - Personal pictureLilypie First Birthday tickers