Patricia Novaes
Já aviso: esse é mais um post de total viagem!

Gente, não quero fazer desse espaço um lugar para lamentações mas eu preciso contar, preciso desabafar porque eu estou revoltada  com meu médico.
Segunda-feira passada eu fui ao obstetra para a consulta mensal e eu disse a ele que estou sentindo um cansaço extremo e ele me respondeu sabe o que? “É porque você está obesa!”
Ai meu marido perguntou pra ele: “Quanto ela devia ter engordado então?”
Médico: “O normal são 6kg a gravidez toda! As modelos engordam 4kg”

Ah, fala sério! Tudo bem que eu perdi o controle do meu peso: engordei  12kg e estou com 32 semanas, meu plano era engordar 14kg a gravidez toda, mas das daí até dizer que eu estou obesa tem uma grande diferença! Ai que ódio daquele *&%$#*&^%$

Não sei mais o que faço em relação a esse cansaço, acho que em parte é por causa da idade, mês que vem faço 35 anos e acho que depois do 30 cada ano pesa e muito.

A outra causa desse cansaço todo acho que é por tudo que passei no começo da gravidez, eu nunca contei aqui mas hoje vou contar.

Eu demorei muito pra decidir ter esse filho, queria ter a certeza de que minha vida estava estabilizada e de que era o momento certo. Pois bem, ano passado antes de fazer uma viagem ao Canadá em que eu passaria 1 mês sozinha lá nós decidimos que na volta engravidaríamos.
Demorou alguns meses, e finalmente acordei  numa sexta-feira (5:45h madrugada ahahah)antes de ir pra academia fiz o teste de gravidez, era exatamente o dia em que eu devia menstruar mas resolvi fazer o exame para não ficar na ansiedade, odeio esperar sem saber o que vai acontecer.

Exame positivo, final de semana de festa com a família toda, felicidade completa!

Na segunda-feira, a médica do meu marido liga dizendo que havia detectado uma alteração num nódulo de tireóide que estava sendo acompanhado desde 2008.

Ai começou meu inferno!
 1 cirurgia para retirada do nódulo e biopsia na qual foi detectado câncer  de tireóide, 15 dias depois mais 1 cirurgia para retirada total da tireóide. Depois disso preparação para cintilografia e mais exames.  Ele teve ainda que fazer um tratamento chamado iodoterapia, no qual tem que fazer uma dieta livre de iodo (sal normal) e outras coisas durante 15 dias, não podia leite, ovo ou seja pães, massas... nada comprado na rua, só carne fresca, arroz, feijão e alguns legumes e saladas, foi estressante porque necessitava de  total atenção porque qualquer escorregão colocaria o tratamento a perder, então nos trancamos em casa, passamos o aniversario dele sem comemoração e pedimos que ninguém viesse em casa nesse período.
Após a iodoterapia, que foi 1 dia trancado sozinho num quarto de hospital, ele não pode ter contato comigo durante mais 3 dias, então ele veio até a porta do prédio e mãe dele desceu com as coisas dele e o levou para Serra Negra.

Na volta mais ansiedade: mais exames para ver como foi o tratamento.
Semana passada ele fez o 1º exame de muitos que ele terá que refazer a cada 6 meses nos próximos 10 anos. Ah, o resultado graças a Deus foi ótimo!

Ah, nesse meio tempo  por pressão na empresa em que trabalhávamos ele acabou saindo, ficou 3 meses sem trabalhar, e sabem como é: dia todo em casa sozinho, cabeça vazia... eu tinha tanto medo que ele ficasse deprimido, mas graças a Deus ele foi sempre muito forte, nunca abriu a boca pra reclamar de algo, nunca chorou... se manteve como uma rocha!

Foram 3 meses e meio entre cirurgias, tratamentos e exames em que vivi um inferno na minha vida, eu não pude “ser grávida”, meu bebê ficou de lado, a mãe que eu sonhava em ser desde a gravidez não existiu, eu queria ter continuado indo na nutricionista, queria fazer ioga, ser serena e tranqüila.

Eu me acabei aqui em casa, foi tanto stress mas eu fui forte, tomei a frente de tudo, subi e desci essas escadas inúmeras vezes com compras afinal não tinha mais ele pra me ajudar, e meu marido sempre foi do tipo que ajuda em tudo até na organização e limpeza da casa. Nunca deixei que ele me visse chorando, na verdade acho que ninguém nunca viu, desde que tudo começou posso contar as noites que eu consegui dormi inteira. O medo de perdê-lo até hoje é imenso, até hoje tenho medo de ficar sozinha e ter uma criança envolvida faz com que eu me sinta mais insegura ainda.

Não foi fácil, e hoje pensando bem é um verdadeiro milagre esse menino ainda estar aqui na barriga, rezo para que ele venha forte e calmo e que meu stress não tenha passado pra ele. Faz pouco tempo que eu consegui me sentir “uma grávida de verdade” e comecei a dar mais atenção a minha barriga e já amo tanto esse ser que está aqui dentro, tenho muita dor na consciência pelo “desleixo” que eu tive nessa gravidez, mas foi o melhor que eu pude fazer... muitas vezes essa criança me trouxe esperança e eu tenho a impressão de que não retribui como devia.

Hoje nossa vida  está voltando ao normal, meu marido começou a trabalhar em outra empresa e estamos tentando voltar a nossa rotina, mas não é fácil. Como você pode ver nem sempre planejar e esperar o melho rmomento é garantia de sucesso!

Essa é a historia da minha gravidez até agora!

Ah, perdi o foco! Voltando ao cansaço: agora que todo o problema de saúde passou acho que o cansaço dessa época da doença bateu em mim... as vezes acho que eu estaria me sentindo exausta mesmo sem estar grávida.

Enfim: o que eu faço com esse cansaço imenso? O que faço com o nazista do meu médico?? 6kgs a gravidez inteira???
Ai, só de pensar já me sinto ainda mais cansada!

Um beijão a todas que tiveram a paciência de ler até aqui!
6 Responses
  1. Shilola Says:

    Gata, primeiro lugar manda esse obstetra às favas e encontre alguém que cuide de vc e do bebe DE VERDADE! Obesa é o escambau!!!
    E com 32 semanas vc deve mesmo estar se sentindo cansada, mas todo esse estresse deve ter colaborado pra que vc se sinta ainda mais cansada... Encontre um obstetra decente... Só assim vc conseguira uma orientação para saber como agir ou mesmo saber se pode tomar algum tipo de vitamina para ajudá-la nessa fase...
    E não se sinta culpada de forma alguma por não ter curtido o comecinho da gravidez. Com certeza o filhote entenderá tudo o que vcs passaram, afinal ele ama o papai tb, né?! :D
    Aproveite para babar bastante agora Paty! :D Fotografe muito!
    Esse estado é mágico demais!
    Parabéns para essa linda família!
    Bjocas,
    Carol


  2. Shilola Says:

    Oi Paty...
    :D
    Comecei a usar tanto o hidratante, quanto os lencinhos umidecidos à partir do 2º mês... O hidratante foi por conta do frio... A pele dela ficava super ressecadinha então eu passava logo depois do banho...
    Os lencinhos foi mais porque começamos a sair de casa e fora de casa com algodão e água quente era inviável... :D
    Mas vc vai "sentindo" as necessidades, vc vai ver... :D
    Bjocas,
    Carol


  3. Sarah Says:

    Oi Patrícia! Vim retribuir sua visita ao meu blog e adorei seu cantinho! Adorei a tabela de sono dos bebês, muito útil para as mamães.
    Agora, vem cá, 6 kg a gravidez inteira??? Sério, isso é impossível. Só a placenta, bolsa, líquidos e tal já pesam pra caramba, tanto é que quando o bebê nasce a mãe perde os primeiros quilos rapidinho. Eu engordei 12 kg a gravidez toda, mas Bento nasceu de 36 semanas, ou seja, eu ainda engordaria um pouco. Se tá tudo bem com vc, seus exames estão ok, se o bebê está bem, não ligue para esse médico. Ou, se achar melhor, troque de médico, ainda dá tempo. O importante é vc se sentir bem e ter confiança em quem cuida de vc!!
    Tô te linkando e seguindo, vou voltar sempre aqui!
    bjos!


  4. Carol Says:

    menina, nao ligue pra nada disso, se a sua meta era engordar ate 14 quilos, vc esta dentro dela, uma das minhas melhores amigas engordou 13 e dai? O que importa é ter saude, e agora vc sabe q tem. infelizmente vc enfrentou a maior barra no momento mais magici da sua vida, mas soube enfrentar e passar por cima disso tudo e vcs estao aí agora, felizes e saudaveis, mesmo que com cansaço que é normal. Relaxa e curte!!

    Beijinhos e muita saude pra vcs!


  5. Margaret Says:

    Pat, é claro que queremos saber o que se passa com as nossas amigas e é muito bom desabafar.
    Não se preocupe porque engordou muito ou pouco depois você volta ao peso que quiser e que médico cara de pau se fosse eu mudaria de médico...rsrs..nuna tive filhos então não sei te dizer se esse cansaço é normal mas o que importa é que seu filho venha com saúde. Sou do nordeste e minha mãe fazia tudo até praticamente ter os filhos e ainda hoje ela diz que gravidez não é doença, então não se preocupe pois terá um filho lindo!( somos 15 irmãos) e todos graças a Deus com muita saúde.
    O importante é que seu marido está bem e isso sim que deve ter sido muito pesado para você, mas fé em Deus que tudo vai dar certo e estaremos por aqui tocendo por você e sua linda familia.
    Beijinhos e tenha um lindo final de semana
    Margaret


  6. Micheli Says:

    Ola Patricia!
    Me chamo Micheli, tenho um menino de 2 anos e estou gravida de 35 semanas. Acompanho seu blog e anoto cada dica sua, mas agora acho que posso retribuir com algumas dicas também! E a minha primeira dica é: troque de médico!!! O seu é um maluco!
    Eu vivi minhas duas gestaçoes no Canada e posso te garantir que essa preocupaçao excessiva com ganho de peso é algo que eu nao vivi aqui. Todo o enfoque foi voltado para a qualidade da minha alimentaçao, nunca nenhum médico me cobrou quantidade de kgs, ainda porque eles me explicaram que isso varia muito de uma mulher pra outra, sao estruturas diferentes, enfim. Mas so para te dar uma referencia, o guia médico daqui considera um ganho aproximativo de 14 kgs, perfeitamente normal e saudavel para mamae e bebe. Um ganho de peso baixo é que se torna preocupante, inclusive com direito a a acompanhamento nutricional para nao haver danos ao bebe.
    Quanto ao cansaço, isso é absolutamente normal. Você é uma fabrica em produçao 24h por dia!!!! Tenho um batalhao de gravidas ao meu redor e todas nos passamos pelo mesmo cansaço e falta de energia. Minha segunda dica é: respeite seu momento, se dê o direito de se sentir cansada porque nao ha formula-milagre para acabar com o cansaço. Seu organismo trabalha por dois! E sobretudo, nao se cobre demais. Cuide do seu marido, do seu bebe e de vc mesma da melhor forma que puder, mas no seu limite. Respeite esse momento particular da sua vida e tudo acabara bem! Acredite!
    Se quiser papear, ai vai meu e-mail: micheligsouza@yahoo.com.br.
    Boa sorte à familia toda!


Lilypie - Personal pictureLilypie First Birthday tickers